Total de visualizações de página

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

OS BENS DA TERRA PERTENCEM A DEUS

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO
A VERDADEIRA PROPRIEDADE
Os Bens da Terra Pertencem a Deus.



10. Os bens da Terra pertencem a Deus, que os dispensa à sua vontade, e o homem deles não é senão o usufrutuário, o administrador mais ou menos íntegro e inteligente. Eles são tampouco a propriedade individual do homem, porque Deus, frequentemente, frustra todo as previsões, e a fortuna escapa daquele que crê possuí-la pelos melhores títulos.
Direis, talvez, que isso se compreende para a fortuna hereditária, mas que não ocorre o mesmo com aquela que se adquiriu pelo trabalho. Sem nenhuma dúvida, se há uma fortuna legítima, é esta, quando adquirida honestamente, porque uma propriedade só é legitimamente adquirida quando, para possuí-la, não se fez mal a ninguém. Será pedida conta de uma moeda mal adquirida, em prejuízo de outrem. Mas o fato de um homem dever sua fortuna a si mesmo leva mais dela em morrendo? Os cuidados que ele toma em transmiti-la aos seus descendentes não são, frequentemente, supérfluos? Por que se Deus não quer que ela lhes cheque às mãos, nada poderá prevalece contra sua vontade. Pode usar e abusar em sua vida, sem ter contas a prestar? Não; em lhes permitindo adquiri-las. Deus pôde querer compensar nele, durante esta vida, seus esforços, sua coragem, sua perseverança; mas se não a fez servir senão à satisfação de seus sentidos ou seu orgulho; se fora para ele que não a possuísse; perde de um lado o que ganhou de outro, anulando o mérito do seu trabalho, e quando deixar a Terra, Deus lhe dirá que já recebeu a sua recompensa. (M. ESPÍRITO PROTETOR, Bruxelas, 1861).

Nenhum comentário:

Postar um comentário